Piada Legal
Piada Nova

as melhores piadas


Piadas de português



AMOR OU INTERESSE?

- Diga-me, Manoel, tua mulher faz sexo com você por amor ou por interesse?

- Olha, Joaquim, eu acho que é por amor...

- Como é que você sabe?

- Porque ela não demonstra nenhum interesse!!!
--------------------------------------------------------------------


MANOEL NA ZONA

Manuel chega na zona louco por um programinha e pergunta pra cafetina:

- Quanto está a custaire o coito com uma das meretrizes?

- Depende do tempo! diz a cafetina.

- Pois, baim... Suponhamos que chova...
--------------------------------------------------------------------


MANOEL NO BRASIL

- O Manoel estava voltando da viagem que fizera ao Brasil.

- Chegando no aeroporto, seu amigo Joaquim o esperava.

- E aí Manoel, como foi de viagem?

- Muito bom...

- E o que tu mais gostaste no Brasil??

- Ah, das praias, da mulherada! É uma maravilha!!!!

- E do que tu não gostaste???

- Ah, das escadas rolantes... Tu acreditas que um dia eu estava subindo e acabou a energia elétrica... Eu fiquei lá parado em pé por mais de 2 horas!!!

- Ê Manoel, mas tu és burro hein!!!! Por que tu não te sentaste???
--------------------------------------------------------------------


MANOEL E O LEPROSO

- O Manoel foi preso numa cela em frente à de um leproso.

- Dia após dia, ele observava o leproso cuidando de suas feridas.

- Até que certa vez, caiu um dedo do leproso.

- Este o pegou e o atirou pela janela.

- Uma semana depois, caiu outro dedo e o leproso atirou-o pela janela.

- Algum tempo depois, caiu uma orelha, o leproso atirou-a pela janela.

- Uma semana depois, caiu o pé, o leproso atirou-o pela janela.

- Aí, o Manoel não agüentou mais e pediu uma audiência com o Diretor.

- Olha, senhor diretor, eu não quero ser chamado de dedo duro, mas o gajo que está na cela em frente a minha está fugindo aos pouquinhos...


Todo mundo sabe que os sujeitos mais comuns nas piadas contadas por todo o Brasil ou são portugueses ou são gaúchos. Mas poucos sabem o porquê! As origens estão na nossa história e na psicologia humana. Vamos começar pelos portugueses!

Eles são estereotipados como completos idiotas. Os portugueses colonizaram o Brasil por mais de 300 anos. Eles chegaram no Brasil, levaram todas as nossas riquezas, ignoraram os nossos interesses, e, ainda por cima comiam as nossas índias nativas e as negras trazidas para cá. Que imagem nós poderíamos criar deles? O que poderíamos falar deles hoje em dia? Será que poderíamos dizer: - Oh! Eles descobriram o Brasil. Eles são nossos heróis! Claro, que não! Depois de tudo que eles fizeram, só podem ser 'heróis' nas nossas piadas. Nos resta chamá-los de tontos e estúpidos. Mas de idiotas eles não tem nada. Por um grande período da história, o Império Português foi tão forte quanto fora o Império Romano e o quanto é atualmente o Império Americano...

E os gaúchos...?

Assim como os portugueses, os gaúchos colonizaram o Brasil. O povo gaúcho tem tradição e história. Os gaúchos são guerreiros, formaram a sua própria República! Encabeçaram uma revolução que acabou com a Republica Velha do Café com Leite e introduziu o Estado Novo. A maior parte dos presidentes e ditadores brasileiros foram gaúchos. O povo gaúcho é o mais politizado e o seu Estado o de melhor qualidade de vida. Em todos estados brasileiros existem gaúchos bem sucedidos. Além de colonizar e desenvolver todos os estados por onde passam, os gaúchos traçam as mulheres que ali habitam. Os gaúchos põem chifre nos 'machos' locais e deixam as suas mulheres apaixonadas. As cariocas, catarinenses, paranaenses, paulistas, mineiras, cearenses, adoram um gaúcho... e, o que resta para eles (os cariocas, catarinenses, paranaenses, paulistas e mineiros...)?

Além de manter lustrado o par de chifres, resta a eles inventarem piadas de gaúcho, onde os gaúchos são estereotipados como veados, para seu deleite e prazer. Portanto gauchada, tenham um pouco de piedade, esta é a única alegria dos não gaúchos. Enquanto eles se divertem em alguma roda inventando e contando piadas de gaúcho, as suas mães, irmãs ou namoradas se divertem com um gaúcho.

Gaúchos de todo o Brasil, convençam-se de uma coisa, eles não sabem como fazer uma mulher feliz, mas tem bastante criatividade para fazer piada. Divirtam-se então com as piadas e satisfaçam as mulheres dos não gaúchos invejosos.



Manoel e Maria na Copa
Em turismo pela Alemanha, Manuel e a Maria resolvem assistir a um dos jogos da Copa do Mundo.

Por culpa da Maria, que demorou uma eternidade para se arrumar, chegam com quase meia hora de atraso ao estádio.

Assim que se senta, Maria pergunta ao seu vizinho de arquibanca da quanto está o jogo.

- Zero a zero! - responde o sujeito.

- Tá vendo - diz ela, virando-se para o Manuel. - Eu não te disse que íamos chegar a tempo?!


Atacante português é Boa Morte
Um atacante com o nome de Luís Boa Morte dá margem a múltiplas piadas. Pois é: o jogador tanto pode ser fatal contra as defesas adversárias como matar do coração o torcedor luso.


Entrevista do Parreira
Cogitado para substituir o Zico como treinador do Japão depois dessa Copa, o técnico brasileiro da uma entrevista.

Repórter: O senhor fala japonês?

Parreira: Falo, sim.

Repórter: Fale aí alguma coisa pra gente.

Parreira: Taku-kuna-kara-shêra-gato-nomuro.

Repórter: O que isso significa?

Parreira: Você entende japonês?

Repórter: Não.

Parreira: Então pra que você quer eu fale japonês, pô?


Filosofia do ParreiraComo é que se ganha uma partida? Se ninguém me pergunta, eu sei. Mas se eu tentar explicar a alguém, aí eu vejo que não sei nada.


Copa do Mundo no Céu
Satanás e São Pedro acertam os últimos detalhes para a grande final do Campeonato Celestial de Futebol. Como todos sabem, São Pedro é puro e honesto. Não sabe esconder o jogo, como se diz por aí. Ao final da reunião, ele diz a Satanás:
- Olha, não posso enganar vocês. Vocês não têm a menor chance. Todos os melhores jogadores de futebol são ingênuos, puros e honestos. Estão todos eles em nosso time.
- É, é? - diz Satanás. - E onde é que você pensa que estão os juízes?














Um português viciado em internet ficou preso em uma ilha deserta uns dez anos, depois de um naufrágio.
Um belo dia ele avista um ponto brilhante no horizonte e fica acompanhando com o olhar.
-“Não parece um navio”, pensa o nosso amigo.
O ponto continua se aproximando.
-“Nem é uma barcaça”.
Passado mais um tempo...
-“Não é um barquinho também”.
De repente, sai das águas uma loira escultural, vestida com uma roupa de mergulho. A mulher tem um corpo digno de posar nua para a revista playboy, sem precisar de retoque com o photoshop.
Ela encontra-se com o náufrago e pergunta:
-Quanto tempo faz que você não fuma um cigarro?
-Uns dez anos...
Ela abre um bolso no interior da roupa de mergulho, que é impermeável, e lhe dá um cigarro. O português que era fumante convicto:
-Meu Deus, que bom que isto é!
-Quanto tempo faz que você não toma um whisky?-pergunta a loira.
-Pelo menos 10 anos.- responde o internauta português.
Então ela abre outro bolso interior, tira uma garrafinha de whisky.
Ele bebe tudo de uma só vez, mesmo sem acreditar muito no que estava acontecendo, mas muito, muito feliz!
Então a loiraça começa a baixar o zíper da roupa de mergulho e pergunta:
-E quanto faz que não você não se diverte de verdade(!)?…
Aí nosso internauta português náufrago endoida de vez. Começa a pular e grita, louco de felicidade:
-Não Acredito! Não vais me dizer que aí dentro você tem um notebook com internet?!…





Seo Joaquim, um velhinho português, vai até a farmácia do bairro e pergunta ao sujeito do balcão:
-Faz-me um favor, o senhor me vende um pouquito de farinha de trigo?
O atendente, sem entender nada, respondeu:
-Como assim, farinha de trigo? Aqui é uma farmácia e não vendemos farinha.
O velhinho agradece e vai embora. No dia seguinte ele está de volta e:
-Bom dia, meu senhor. Tens farinha hoje?
O balconista, achando muito esquisito, respondeu:
-Não. Nem hoje nem amanhã! E não falou mais nada.
O portuga vai embora, meio de cabeça baixa e resmungando, mas acabou retornando no dia seguinte, e no outro e no que vem depois. Sempre perguntando ao balconista sobre a farinha de trigo. Uma semana depois o balconista não agüenta mais, quando o “Seo” Joaquim entra na farmácia e:
-Olá. Bom dia! Chegou a farinha?
Enfurecido, o balconista responde aos berros:
-Eu não agüento mais você aqui todo dia com a mesma história. Sempre pedindo farinha. Ainda não deu pra entender que aqui é uma farmácia e que nas farmácias ninguém compra farinha?
Após ouvir os berros do sujeito, o português ainda insiste:
-OraPois! Ninguém compra, porque tu não tens para vender. Se tivesses, comprariam.
O balconista fica descontrolado e continua aos berros:
-Se você aparecer aqui mais uma vez me perguntando por farinha, eu juro que vou pregar seus pés na calçada.
Depois dessa o velhinho cai fora rapidinho. Mas, como seria de se esperar em piadas que nem as do Portuguelândia, por incrível que pareça, o velho Joaquim voltou:
-Bom dia! Faz-me um favor?
O balconista ao ver o português já arregaça as mangas e começa a espumar de ódio. O português então pergunta ao ele:
-O senhor tem pregos?
O balconista, aliviado, responde:
-Não, claro que não...
-Ah, então o senhor me veja um pouquinho de farinha!...

home   -   contato   -   melhores piadas   -   melhores vídeos   -   mapa do site
© 2011-2017 Piada Nova - v2.0